quinta-feira, abril 30, 2009

A igualdade de géneros à italiana

Esposa do primeiro-ministro italiano acusa o marido de escolher candidatas ao Parlamento Europeu com base nos dotes físicos.

in Jornal de Notícias, 29Abr

Message in a Bottle

Mensagem de Auschwitz encontrada em garrafa
A mensagem, escrita a lápis e datada de 9 Setembro de 1944, contém a identificação de sete jovens prisioneiros da Polónia e de França.
Opérarios que trabalhavam perto do antigo campo de concentração de Auschwitz-Birkenau encontraram uma garrafa no interior do qual estava uma mensagem escrita por prisioneiros, informaram responsáveis do museu citados pela BBC.
A mensagem, escrita a lápis e datada de 9 Setembro de 1944, contém os nomes, os números de campo e as terras de naturalidade de sete jovens prisioneiros da Polónia e de França.
Seis dos prisioneiros eram da Polónia e um de França. A nota identifica-os: Bronislaw Jankowiak, Stanislaw Dubla, Jan Jasik, Waclaw Sobczak, Karol Czekalski, Waldemar Bialobrzeski e Albert Veissid.
Dos sete, Veissid está vivo, de saúde e reside em França, como apurou a BBC, que o contactou telefonicamente.

in Jornal de Notícias, 29abr

quarta-feira, abril 29, 2009

Avante camarada

Não sou de esquerda, nem de direita sou da frente.

Extraído da entrevista de Maria Flôr Pedroso a Eduardo Correia do MMS - Movimento Mérito e Sociedade

segunda-feira, abril 27, 2009

Quero-te tanto

foto: Fernando Veludo. in publico
Lisandro e Raúl Meireles festejam um golo na partida com o V. Setúbal

Foi bonita a festa pá

No Largo Dr. Salazar, ouve-se Quim Barreiros, assa-se porco no espeto e há mesas espalhadas pela praça onde se joga às cartas e à moeda. António Santos, de 74 anos, está sentado numa das mesas a beber um copo de vinho tinto e diz que concorda com que a inauguração do largo aconteça no aniversário do 25 de Abril.
"Porque não? Qual é o mal? O largo está cheio de pessoas, está a ser uma festa bonita. Acho que foi uma boa ideia", diz.

O antigo Largo da Praça em Sta Comba São foi ontem renomeado Largo Dr. Salazar
in publico.pt

Sai hoje, nas bancas, o aguardado disco dos OqueStrada:

"TascaBeat o sonho português"

domingo, abril 26, 2009

Fizemos muito

(...) é muito comum uma espécie de discurso nostálgico sobre "cumprir Abril".
Para esse discurso não dou nada porque "Abril" já está bem "cumprido": temos liberdade política, democracia, descolonizámos e, mesmo no "D" mais difícil, o do "desenvolvimento", Portugal está muito diferente do país herdado de Salazar e Caetano.
Não é a altíssima mortalidade infantil, o analfabetismo, a pobreza e a miséria, que faziam centenas de milhares emigrarem com todos os riscos, um país onde em muito do seu território não havia luz, nem água canalizada, nem saneamento básico, que caracterizam o Portugal de hoje, trinta e cinco anos depois.
Continuamos com muitos problemas nesse "D", e estamos a agravar esses problemas, mas, nestes trinta e cinco anos, fizemos muito. O país estava muito estragado em 24 de Abril, e só idealisticamente se podia esperar um milagre de "Abril", mas, mesmo se Portugal continua muito estragado, é um "estragado" com aspectos diferentes. Alguns são os mesmos, mas outros são diferentes.

Extraído da crónica de Pacheco Pereira
in Publico.pt

Inês, sempre, fascismo nunca mais.

Ainda muito cá em cima destaca-se um inusitado cartaz azul: "Pedro procura Inês", que remete para um blogue. "Sou eu, o Pedro", diz Rui, que tem 33 anos, é de Lisboa, e conseque manter-se sério a explicar que a "Inês" é uma namorada que teve durante sete anos, de quem se separou, que reencontrou há três meses e voltou a perder. "Estou à procura dela. Sei que se vai divorciar em Março de 2010, ou talvez em Janeiro de 2011." Qual é a relação com o 25 de Abril? "Inês, sempre, fascismo nunca mais. Também estamos aqui pelo amor, que tantas vezes esquecemos. A Inês é o meu sonho."

Desfile do 25 de Abril na Avenida da Liberdade em Lisboa
in publico.pt

sábado, abril 25, 2009

De facto, seria uma chatice

"Fui lá fazer um reconhecimento com o meu carrito [ao EP de Caxias], mas não podia demorar, para não levantar suspeitas. Havia um grande portão verde, e eu pensei: como uma bazucada, deito isto abaixo.
A tropa entra por aqui, tomamos isto de surpresa. Mas o que está para lá do portão? Pode haver uma fogachada, a GNR dá para aqui uns tiros, pode morrer alguém, é uma chatice."

Otelo Saraiva de Carvalho descrevendo as horas e dias antes da Revolução
in Publico.pt

sexta-feira, abril 24, 2009

quarta-feira, abril 22, 2009

Na mouche #2

A distinção, para efeitos de corrupção, entre actos lícitos e ilícitos é uma caricatura e destina-se a salvaguardar as causas verdadeiras da corrupção mais poderosa e eficaz, a que, a coberto da licitude, envenena o país e a sociedade.

Extraído da crónica de António Barreto
in publico.pt

Vale a pena perguntar quais são, do PS a Roseta, as grandes diferenças políticas sobre Lisboa? (*)

(*) Extraído da crónica de Vasco Pulido Valente, 18Abr09
in publico.pt

terça-feira, abril 21, 2009

Assim de repente lembro-me de uma pessoa

O ex-líder do PSD Luís Filipe Menezes considera que “há pessoas no PSD que querem que Ferreira Leite tenha um mau resultado” e que estão a preparar a sua sucessão, ao mesmo tempo que a tentam “empurrar pela janela fora”.

in publico.pt
19abr09

segunda-feira, abril 20, 2009

Com bandarilhas de esperança
afugentamos a fera
estamos na praça
da Primavera.

Nós vamos pegar o mundo
pelos cornos da desgraça
e fazermos da tristeza
graça.

Fernando Tordo, "Tourada"

Na mouche

A esquerda gosta de se dividir e detestar; e a seguir de sofrer porque se dividiu e se detesta.
A "frente" e a "unidade" são uma parte indispensável do cerimonial.

Extraído da crónica de Vasco Pulido Valente
in publico.pt, 18abr09

domingo, abril 19, 2009

Chavez e Obama na Cimeira das Américas

“Pensei que era um livro de Chávez. Estive quase a oferecer-lhe um dos meus.”


Barrack Obama comentando a oferta “As Veias Abertas da América Latina”, obra do uruguaio Eduardo Galeano, um clássico da esquerda latino-americana que faz uma crítica radical do imperialismo
in publico.pt
foto: Fazal Sheikh

sábado, abril 18, 2009

sexta-feira, abril 17, 2009

quinta-feira, abril 16, 2009

Também desaparece quando necessário

Há dinheiro em Portugal para esses investimentos [novo aeroporto e TGV]?
O dinheiro, quando é necessário, aparece.

Ricardo Salgado, presidente do BES
in publico.pt

terça-feira, abril 14, 2009

Momento Zen

“Tenho de pedir desculpas ao povo jamaicano se passei a impressão que todos os jovens enrolam charros”

Um dia depois de ter dito a um jornal alemão que fumar marijuana era normal para os jamaicanos, o atleta Usain bolt pediu desculpas aos seus conterrâneos.
in publico.pt

Welfare church

"Há muita gente a precisar de emprego e as instituições precisam de pessoas para trabalhar", afirmou ao DN Francisco Crespo, director da pastoral sociocaritativa do patriarcado de Lisboa. Para além do trabalho nos centros sociais e paroquiais, que cresce à medida que sobem as necessidades das famílias, a Igreja está a estudar o alargamento das valências de algumas instituições, que necessitarão, assim, de mais funcionários.

in Diário de Notícias

segunda-feira, abril 13, 2009

Patriotismo

Quando o líder de um partido que faz parte do PSE diz que irá apoiar o candidato oriundo das fileiras conservadoras, aliás fortemente associado não só à invasão do Iraque, mas também a medidas neoliberais emblemáticas como a directiva Bolkenstein, está não só a negar a importância de se apresentarem projectos e lideranças alternativas, mas também a negar a capacidade de o PSE liderar esse processo.

André Freire comentando a posição de José Sócrates em, assente no "patriotismo", apoiar Durão Barroso para novo mandato como presidente da Comissão Europeia
in publico.pt

domingo, abril 12, 2009

sábado, abril 11, 2009

sexta-feira, abril 10, 2009

quarta-feira, abril 08, 2009

Sex bomb

"Conhecê-lo foi como um raio, fulminante. Eu estava num restaurante em Capri com umas amigas e ele com a sua família. Eu vestia umas calças brancas curtas e uns saltos altos. Ele dirigiu-se a mim de maneira muito carinhosa. Impressionou-me o seu aspecto físico, escultural"
"E devo admitir que Cristiano está fora da média em todos os sentidos e nesse... é fabuloso, um superdotado!"

Comentário da modelo Chiambretti Night em relação a Cristiano Ronaldo.
in DN

terça-feira, abril 07, 2009

Democracia que anda nua, atua quando me ouso, amua quando repouso (*)

Estão por isso errados todos aqueles que pensam que a solução passa apenas por dar um toque, aqui ou acolá, no desenho institucional da Europa.
O grande problema da Europa é de democracia — de fundar ou refundar a futura democracia europeia — e, enquanto não resolvermos esse problema, dificilmente resolveremos qualquer dos muitos outros

(*) Extraído de Democracia de Tom Zé
Rui Tavares in Rui Tavares.Net

segunda-feira, abril 06, 2009

Feliz por estar contente

"Estoy contento de poder llamarle amigo mío"

José Luis Rodríguez Zapatero referindo-se a Barrack Obama.
in El Pais

Crise da futilidade


Michelle Obama e Carla Bruni-Sarkozy encontraram-se frente a frente esta sexta-feira e ambas sobreviveram. Era o momento pelo qual o mundo da moda mais ansiava e foi um anticlímax porque esteve longe do duelo anunciado pela imprensa (americana, mas sobretudo britânica).
As fotografias de Michelle e Bruni posando lado a lado em Estrasburgo devem ter provocado muitos sorrisos amarelos - nenhuma vencedora clara, guarda-roupa pouco inspirado nos dois casos.

in publico.pt

domingo, abril 05, 2009


"Para sobreviver aqui e para triunfar, é preciso viver como se já estivesse morto"

Benicio del Toro
Extraído de "Che - O guerilheiro"

sábado, abril 04, 2009

foto: fernando taborda, "estrada da vida", 1954

sexta-feira, abril 03, 2009

Problema de regime

João Cravinho entende que os casos de corrupção em Portugal estão a fazer o país "caminhar no sentido da italianização do regime".
O ex-deputado do PS duvida do estado da democracia e considera "urgente" legislar para combater a corrupção, sob pena de o regime político estar ameaçado.
Cravinho, que em 2006 apresentou no Parlamento um pacote de medidas contra a corrupção, considera que existem "sinais muito inquietantes quanto à saúde da democracia".
Em declarações ao PÚBLICO, o ex-governante socialista lança uma alerta. "Antevejo a possibilidade de uma derrocada do regime se nada for feito", afirma, acrescentando que a corrupção é hoje "um problema de regime".

in publico.pt

quinta-feira, abril 02, 2009

Ganância

Em Janeiro de 2007, Luís cumpriu o ritual e registou o boletim num café a meio caminho entre a aldeia de um e do outro. Ela terá contribuído com dois euros e Luís com quatro. A confiança era tal que Luís não terá hesitado em passar o boletim vencedor para as mãos da namorada. No início, a preocupação de ambos foi garantir a discrição. Aliás, por isso é que levantaram o cheque directamente em Lisboa, na Santa Casa da Misericórdia.
O passo seguinte foi depositar os 15 milhões numa conta bancária, em nome de Luís, da namorada e dos pais desta. O casal ainda terá beneficiado dos juros durante o primeiro ano mas, ao fim desses meses, Luís ter-se-á visto impossibilitado de aceder ao dinheiro. Foi então que decidiu interpor uma providência cautelar para bloquear o acesso à conta.
O namoro acabou aí e a namorada reclama agora a totalidade da verba, alegando ter sido ela a acertar na chave premiada e que a quadrícula era solitária, ou seja, cada um receberia o dinheiro proveniente das respectivas apostas.
O desentendimento será agora dirimido pelo tribunal.

in publico.pt, 1abr09