segunda-feira, agosto 31, 2009

Quanto mais me bates

As denúncias de violência doméstica registadas pela PSP, no ano passado, aumentaram 35 por cento. A polícia explica que a maior confiança das vítimas nas forças de segurança e a menor vergonha em expor casos do foro íntimo contribuíram para a subida do número de casos apresentados.

in publico.pt

sexta-feira, agosto 28, 2009

Homem com princípios

Eu é que não mostro o meu cu. Prefiro mandar as pessoas para aquele sítio.

Jorge Palma entrevistado por Laurinda Alves
jornal i

quarta-feira, agosto 26, 2009

terça-feira, agosto 25, 2009

Zero à direita

Sendo economista de profissão e antiga ministra das Finanças, funções em que, aliás, não se destacou especialmente, esperar-se- -ia que Manuela Ferreira Leite revelasse algumas ideias novas para vencer a crise, que é, afinal, o que os portugueses querem acima de tudo saber. Mas não. Atirou a questão para um programa que há-de vir, para depois de Agosto, porque agora os portugueses não têm disposição para essas leituras.

Manuela Ferreira Leite fala por si. Mas, que diabo, se não quer falar das questões de que é especialista, por as julgar enfadonhas em Agosto, será que trazia na manga do impecável vestido bege, que lhe ficava tão bem, alguns apontamentos sobre cultura, educação, ciência, ambiente, Europa, justiça, administração, Segurança Social, luta contra a criminalidade, defesa, luta contra o terrorismo, imigração, política no sentido mais estrito, relações partidárias, reforço da democracia? Nada!

Realmente, não disse nada de jeito, sobre nenhum dos temas da actualidade que refiro. Então, perguntar-se-á: para que concedeu esta entrevista à RTP1, agora, em meados de Agosto, se não tinha ou não queria dizer nada? Apenas para se mostrar no seu encantador new look? Nesse aspecto, aceito que, dentro do possível, não tenha estado mal. Mas o pior é que não disse, aos seus compatriotas, nada do que eles esperavam e desejavam ouvir... Nesse aspecto, a entrevista foi uma verdadeira ocasião perdida!

Mário Soares
Diário de Notícias, 25Ago09

segunda-feira, agosto 24, 2009

A crise na educação e as suas consequências

"não conjugo os verbos como deve ser".

Ferreira Leite, entrevistada por Judite de Sousa in rtp

domingo, agosto 23, 2009

texto e foto: Sarahface

I'm afraid of you and I'm afraid of these feelings. And more specifically, I'm afraid of the way you make me feel. And I'm scared. I'm scared of the way I'm becoming addicted to you. And I'm so frightened of one day waking up without you to hold me, without you as my everything. This mess of emotions that you've watched me become fell victim to the way you blindsided me and overnight made me yours. Simple as that; one day, life was effortless, and the next, I was in love. Love. A love, blind to all the doubts and more rational ramblings of a logical mind. One I've worked so hard to train and keep me from feelings like this. From a woman like you.

I never told you this, and for good reason, too. I fall in love in tears. Tears of timidity. Tears that bleed from my heart, dreading loss of control, the sacrifice of stability. At least misery was constant. When I first said those three words, I cried. And my heart was beating out of my chest. Because I knew full well what they meant. And at that moment, I experienced hate. Hate at my weakness. Hate that I couldn't stop myself from entrusting to you everything that stood to destroy me. And my worst fears have come true. You've destroyed me, you've wrecked me, baby. No one will ever feel the same under my lips. No one else will ever have that part of myself that will remain permanently yours. Baby,

I have never felt like this before.

I can't go a day without you. How could I ever manage a lifetime? I don't want to have to learn how to survive without you.

Keep me. Grab onto me. Hold me close and never let me go. All of my protests, all of my reasons against it are lies.

Rescue me from
A life in which
You don't
Mean
Everything

Não acredito em bruxas, mas que as há, há

"Não quero saber se há escutas ou não há. A verdade é que as pessoas sentem que há"

Manuela Ferreira Leite na entrevista feita por Judite de Sousa, 20ago09, Rtp

sábado, agosto 22, 2009

It's not the size that matters, it's how you use it

"Bernie tem um pénis muito pequeno, não só curto mas também pequeno na circunferência. E isso sempre lhe provocou grande angústia." E acrescenta: "Eu gostava dele, e não queria castrá-lo. O seu pénis minúsculo nunca me impediu de atingir o clímax."
"Este homem não é dotado." A ex-amante de 60 anos confessa no livro que foi este o seu pensamento na primeira noite de sexo com Madoff.

Sheryl Weinstein, ex-amante de Madoff autor da maior fraude da história de Wall Street

sexta-feira, agosto 21, 2009

O que faz falta é animar a malta

Sofia Areal, pintora

"Um homem faz muita falta em tudo. Tudo, tudo, tudo. O tom de voz, a expressão física, o andar, a maneira como dizem coisas de que eu não estou à espera, ou até coisas de que estou à espera, são sempre diferentes. Acho muita graça."

revista publica,16ago09

quinta-feira, agosto 20, 2009

Por acaso

Acredita em acasos?
Não, por acaso não acredito em acasos

Rita Redshoes entrevistada por Laurinda Alves
jornal i

quarta-feira, agosto 19, 2009

A luta continua

Miguel Guilherme, actor

"Há sempre um combate entre as forças que te puxam para baixo e as forças da vida. Isso, em mim, é um combate permanente.
Eu vivo entre as forças que me puxam para a depressão e as que me puxam para a vida, para o sol."

Miguel Guilherme entrevistado por Laurinda Alves
Jornal i

terça-feira, agosto 18, 2009

Dias úteis

É uma pessoa feliz?
Tenho dias.

Rita Redshoes entrevistada por Laurinda Alves
Jornal i

segunda-feira, agosto 17, 2009

Já passa da hora

Está na hora de se perguntar se a divulgação diária de casos e a sua constante exposição nos órgãos de comunicação social são gestos úteis para os cidadãos ou se, pelo contrário, servem para alimentar a irracionalidade e a histeria.

Manuel Carvalho in Publico

sexta-feira, agosto 14, 2009

terça-feira, agosto 11, 2009

"Porque não viver o instante?
Que crime haverá nisso?"

Extraído de "Estrada de morrer" de Urbano Tavares Rodrigues

segunda-feira, agosto 10, 2009

Carminho para ser feliz

Carminho, fadista

"(...) caminho para ser feliz! E ser feliz, para mim, é estar tranquila, estar em paz."

Carmo Rebelo de Andrade, Carminho entrevistada por Laurinda Alves,jornal i.

sexta-feira, agosto 07, 2009

"Há quantas horas nao como?, perdi-lhes o conto.
Até é bom vomitar sangue. Há de facto, em certos extremos do sofrimento uma espécie de prazer que eu desconhecia!"

Extraído de "Estrada de morrer" de Urbano Tavares Rodrigues

quinta-feira, agosto 06, 2009

A gloden-share do Moniz (2)

Para sair da TVI, Moniz terá recebido cerca de três milhões de euros, a que se juntarão outros três milhões com a entrada na Ongoing. Valores que, no entanto, não estão confirmados oficialmente.

in publico.pt

quarta-feira, agosto 05, 2009

"Como as tuas maos estao frescas! Obrigada.
Perdes tanto tempo comigo..."

Nao perdia...ganhava-o. Era a despedida, eram os afiados momentos derradeiros; cada um valia já, em recordacao, o resto da minha vida.

Extraído de "Estrada de Morrer" de Urbano tavares Rodrigues

segunda-feira, agosto 03, 2009